Publicado em 14/12/2019 15h40

Proposta apresentada pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Camaçari é aprovado pela categoria

Ford Camaçari

No início da manhã desta quinta-feira (12/12), foi realizada uma grande assembleia, com o objetivo de apresentar para a categoria, as propostas do Sindicato dos Metalúrgicos de Camaçari, que serão debatidas em mesa de negociação com a Ford Motor Company. O terceiro e primeiro turnos marcaram presença no movimento que aconteceu na porta da montadora.

Após ler ponto a ponto o que ofereceu a empresa, onde anuncia a demissão de 1.300 trabalhadores, o presidente do Sindicato, Júlio Bonfim, apresentou a proposta da entidade. “Esse remanejamento que a Ford quer fazer vai tirar direitos e demissões. Um pacote de maldades que esse governo federal impõe para os trabalhadores, seja a nível nacional ou estadual como aqui na unidade de Camaçari”, pontuou.

Empresas parceiras grandes e antigas que atuam dentro da Ford, como a Bentler e a Sodecia, encerrarão as atividades. “Não admitimos isso e colocamos nossa posição firme em relação as demissões, condições salariais, mudança de nosso convênio para um que mal tem cobertura no município, retirada no nosso ticket alimentação, redução da nossa PRL e outras questões importantes. Não abrimos mão da nossa estabilidade de quatro anos”, ressaltou Júlio.

O movimento contou com o apoio dos trabalhadores, autoridades políticas a exemplo do vereador Binho do Dois de Julho e de dirigentes de outras entidades. “Nessa crise que o país está vivendo, com a diminuição da participação do PIB nacional, o fechamento de várias empresas, em especial na Bahia, essas negociações que o sindicato vem realizando e apresentando aos trabalhadores são necessárias para a geração de emprego, desenvolvimento econômico de Camaçari, para o Polo Petroquímico e para o nordeste”, destacou o secretário geral da STIM, Aurino Pedreira.

Ao final da assembleia foi votada a proposta do Sindicato que será apresentada a Ford, sendo aprovada por unanimidade.
PROPOSTA FORD
PR R$ 14.000,00 por 4 anos e 4 mil para auto peças
Data Base congelado por 4 anos
Flex 200 demissões
Bentler 140 demissões
Cooper 124 demissões
Sodecia 126 demissões
Ford 900 demissões
HappVida Plano de Saúde
Sem cartão de alimentação

PROPOSTA SINDICATO
-Data Base:
2020 INPC
2021 INPC
2022 INPC + 0,5%
2023 INPC + 1,0%

-Não tirar cartão alimentação
2020 INPC
2021 INPC. +0,5%
2022 INPC + 1,0%
2023 INPC + 1,5%

-Falta HNJ: vinculado ao cartão alimentação 1 falta 75% 2 faltas 50% e 3 faltas não recebe nada

-PLR: todo mundo do complexo igual
2020 R$ 15.500,00
2021 R$ 16.500,00
2022 R$ 17.500,00
2023 R$ 18.000,00

Segunda parcela posição sindicato R$ 10.077,88 esse valor ainda falta os descontos de imposto renda.
96% 2019 a Ford quer pagar 86%

-Eliminar os dias que deve

-Plano de saúde medeserv:
Co-participação 2020 à 2022: 120,00
Co-participação 2023: 130,00

Teto desconto salário:
2020: 10%
2021: 12%
2022: 14%
2023: 15%

-LayOff final 2020 terceiro turno
-PDV primeiro trimestre de 2020
-Estabilidade coletiva de 4 anos

Autoria: Visão Diária/Ivani Gonçalves

  • Link:

Comente essa notícia

Alternative content

Publicidade
Copyright 2016 © www.festfotos.com.br - Todos os direitos reservados
contato@festfotos.com.br • Tel/WhatsApp: (71) 9-9207-3762​⁠​
Desenvolvimento: Tecnosites